Evitando acidentes – morte, roubo, envenenamento:

Evitando acidentes – morte, roubo, envenenamento:

Cães e gatos são muito vulneráveis a acidentes, principalmente quando filhotes.

Podem ocorrer acidentes fatais como:

*O filhote cair dentro de um ralo solto do quintal ou área de serviço;

*Afogar-se em piscinas. Os filhotes sabem nadar, mas se caírem na piscina e ficarem muito tempo sem terem como sair, acabarão sofrendo de fadiga muscular e se afogarão, (o mesmo vale para animais adultos);

*Piscinas devem ser cercadas, ou então terem um dispositivo para ajudar o animal a sair da água (à venda em pet shops e casas especializadas);

*Cair de sacadas e janelas. Se possível, coloque telas protetoras (imprescindível para gatos);

*Ser eletrocutado ao roer fios elétricos;

*Morrer ao engolir bombril, pequenos objetos ou ingerir produtos químicos e plantas tóxicas;

*Ser esmagado quando uma pessoa senta no sofá sem perceber sua presença, ou ainda se uma criança ou adulto cai sobre ele;

*Atropelamento ao fugir de casa ou escapar da guia;

*Entrar no vaso sanitário ou no ralo (ocorre com ferrets);

*Roubo. Infelizmente o roubo de animais de estimação (filhote ou adulto) vêm ocorrendo com grande freqüência. Mesmo com muros altos e portões trancados, sabe-se de ocorrências onde o meliante pula o muro, retirando o animal de dentro do quintal, com intenção de vendê-lo ou fazer criação para venda.

Mantenha seu mascote nos fundos da casa. Isso também evita que o animal seja envenenado por pessoas mal intencionadas.

Cläudia Kronfly